5 Hotéis com arquitetura colonial que você precisa conhecer

O estilo arquitetônico colonial brasileiro é definido como o conjunto de obras construídas por aqui desde o descobrimento do país, no ano de 1500, até o marco da independência do Brasil, que aconteceu em 1822. Todo o nosso território nacional tem opções muito charmosas de hotéis com arquitetura colonial.

Esse tipo de arquitetura chegou ao Brasil com os colonizadores europeus, mas sofreu adaptações aos materiais e condições socioeconômicas locais. Os nossos traços coloniais têm inspiração no Renascentismo, no Maneirismo, no movimento Barroco, no Rococó e no Neoclassicismo. A passagem foi acontecendo aos poucos, no decorrer dos séculos.

Conheça alguns dos melhores hotéis brasileiros com estilo colonial!

1. Hotel Solar do Rosário (Ouro Preto – MG)

O casarão do Solar do Rosário é do século XIX. A estrutura do prédio é exuberante e conta com portas e grades inglesas. Esse hotel está bem perto da Praça Tiradentes, e fica de frente para o Pico do Itacolomi. De lá, também é possível avistar com detalhes as Igrejas Nossa Senhora do Rosário, São José e São Francisco de Paula.

Essa hospedaria começou sua história no ano de 1840, um pouco depois da Vila Rica se transformar na Cidade Imperial de Ouro Preto. Ao longo do tempo, o hotel encerrou suas operações e abrigou um pequeno armazém.

Mas, nos anos 80, quando a Unesco reconheceu Ouro Preto como Patrimônio Cultural da Humanidade, o turismo mudou de patamar por lá. Isso fez com que o estabelecimento fosse reativado e ampliado em 1994. Cerca de 10 anos depois, a nova administração fez uma grande reforma, restaurando vários itens de valor histórico.

2. Fazenda Boa Esperança (Florestal – MG)

Esse hotel oferece aos seus hóspedes o verdadeiro estilo colonial mineiro. A decoração dos ambientes dispõe de mobiliários e enfeites que remetem à tecnologia atual, em contraste com o charme da arquitetura do Brasil Colônia.

A Fazenda Boa Esperança fica bem perto de Belo Horizonte, são apenas 60 quilômetros de distância. A integração das construções que abrigam esse hotel são integradas à natureza com perfeição.

3. Hotel Camboa Antonina (Antonina – PR)

Essa opção de acomodação fica no centro histórico de Antonina, a pouco mais de meia hora do aeroporto internacional de Curitiba. Os quartos são distribuídos em três alas. Um dos casarões é datado do século XIX e os outros dois foram levantados no início da década de 80.

O espaço para eventos tem vista para a piscina e para a baía. O prédio é uma antiga construção colonial do século XVII. O cenário perfeito para a celebração de casamentos.

4. Hotel Pousada da Mangueira (Salvador – BA)

Se você quer ficar hospedado no Pelourinho, vale a pena conferir o Hotel Pousada da Mangueira. Ele está localizado bem no Centro Histórico de Salvador, proporcionando a melhor vivência de tudo o que a Bahia tem para oferecer aos seus visitantes.

A arquitetura colonial dessa pousada tem uma vista panorâmica incrível para vários casarões antigos. Um presente para os olhos.

5. Porto Grande Hotel & Convention (São Sebastião – SP)

O Porto Grande Hotel une o chame do estilo colonial e decoração retrô com a energia única de um empreendimento de frente para o mar. Seu prédio de belas janelas, bastante características da arquitetura colonial, se mistura à área verde própria de 4.000m², proporcionando aos hóspedes a sensação de uma verdadeira casa de veraneio.

Voltado para famílias, o lazer do Porto Grande é uma atração à parte. Além de ser pé na areia, o hotel tem área de piscina adulto e infantil com espreguiçadeiras, sauna, toboágua, campo de futebol, quadra de vôlei e tênis de praia, bangalô lounge e redário. Para conhecer a cidade, o cliente pode até alugar um dos patinetes em frente à recepção, usando seu celular.

Que tal se hospedar em um dos hotéis mais tradicionais de São Sebastião? Faça sua reserva agora mesmo e descubra o conforto que o Porto Grande Hotel tem a oferecer para você e sua família!

Por que os pais deveriam gastar menos com brinquedos para investir nas viagens em família?

O relacionamento interpessoal é essencial para o bem-estar do ser humano. Para cultivar essas relações, temos o costume de presentear quem é importante para nós. Uma pesquisa foi realizada para identificar quais são os melhores tipos de presentes para quem quer estreitar os laços com outras pessoas. O resultado comprova que, se você quer dar alguma coisa para os seus filhos, gaste menos com brinquedos e mais com viagens em família.

A pesquisa considera que os presentes materiais são os objetos que podem ser guardados por quem ganha, enquanto os presentes experienciais incluem tudo o que é possível viver. O experimento estudou trocas reais de presentes em relações entre pessoas que realmente existem. Leia este post para entender melhor como viajar em família pode melhorar (e muito!) o seu relacionamento com seus filhos.

Por que um “presente-experiência” é melhor que um “presente-material”?

O estudo feito por uma professora canadense e um professor americano revelou que dar uma experiência como um presente à alguém fortalece muito mais uma relação entre duas pessoas do que qualquer tipo de presente material. E isso acontece até mesmo quando o indivíduo que deu o presente e o que recebeu fazem uso do item juntos.

A melhora no relacionamento tem como base a intensidade de emoções que é desencadeada quando os dois vivem o presente-experiência juntos. Esse sentimento não tem tanta força no caso de um presente-material.

Por essa razão, de acordo com o resultado dessa pesquisa, dar uma experiência de presente para alguém é uma atitude comprovadamente bastante eficiente para ficar cada vez mais próximo das pessoas que você ama.

Brinquedo X Viagem em Família

Quando comparamos a compra de um brinquedo com a experiência de uma viagem em família, podemos afirmar que a segunda opção gera muito mais satisfação, bem-estar e felicidade, além de menos arrependimentos.

Segundo os pesquisadores, isso acontece por uma razão muito simples: a viagem é compartilhada com pessoas que têm um lugar especial dentro do nosso coração e esses momentos contribuem para a formação da personalidade das crianças. Afinal de contas, mesmo que os acontecimentos desapareçam (aparentemente) da memória, eles ficarão guardados no subconsciente dos seus filhos como situações de intimidade, amor e convivência.

Uma observação interessante, feita pela mesma pesquisa que citamos no início desse post, é que apesar de julgarmos que presentes caros são mais valorizados pelos outros, isso não é verdade. Na realidade, tanto faz se o que damos é caro ou barato, desde que isso desperte bons sentimentos em quem está ganhando.

Agora, mesmo que essa pesquisa não tivesse sido realizada, vamos usar o nosso bom senso. Basta parar e pensar em tudo o que você vive ao programar, organizar e vivenciar uma viagem em família, contra uma situação onde você apenas dá algum brinquedo para seu filho. Com toda certeza, viagens em família oferecem momentos entre você e seus entes queridos que brinquedo algum é capaz de fazer algo nem mesmo parecido.

Então, que tal começar a pensar agora mesmo na próxima viagem de vocês? Para te ajudar, vamos te dar  6 dicas práticas de como organizar uma viagem em família.

7 dicas para arrumar a mala das crianças

As férias estão aí e chegou a hora de viajar com a família. Você já organizou a viagem, escolheu o seu destino e agora precisa arrumar a mala das crianças. Isso pode dar um trabalhão, nós sabemos!

Por essa razão, escrevemos este post para te ajudar a economizar tempo, espaço na bagagem dos seus filhos. Confira abaixo dicas simples e fáceis para fazer a mala de viagem das crianças.

1. Faça uma lista do que levar uma semana antes da viagem

Escrever uma lista é uma grande ajuda para você não se esquecer dos itens essenciais. Ao fazer isso com uma semana de antecedência, você tem tempo suficiente para adicionar o que for lembrando.

Você pode fazer essa lista em uma folha de papel, deixando-a em um lugar fácil para completá-la (prender com um ímã na porta da geladeira é uma boa ideia), ou então usar o bloco de notas do seu celular, que está sempre à mão.

2. Divida uma mala para as crianças mais novas

Seus filhos pequenos podem facilmente dividir uma única mala para viagem. Afinal de contas, as roupas são pequenas e cabem todas juntas. Assim, você economiza espaço no porta malas do carro, ou caso vá viajar de avião, não corre o risco de pagar bagagem extra.

3. Leve uma troca de roupa por criança/por dia, mais duas trocas extras

É muito tentador levar mais roupas do que o necessário para as crianças, quando você se enxerga em um lugar no qual elas podem se sujar o tempo todo, sem ter uma máquina de lavar roupas por perto.

Entretanto, lembre-se que durante uma viagem em família, provavelmente vocês estarão ocupados o tempo todo se divertindo, e não sobra tempo para ficar trocando os pequenos o tempo todo, a não ser que a sujeira seja grande. Por isso, nossa dica é que você leve uma troca de roupas por dia, por crianças, e mais duas trocas extras caso ocorra uma mudança de temperatura inesperada.

4. Não exagere nos pijamas

Se pensarmos que as crianças colocam o pijama depois do banho, ou seja, quando estão limpinhas e cheirosas, dá para usá-los durante alguns dias seguidos. Então, você não precisa levar mais pijamas do que usaria em dias normais na sua casa.

5. Lembre-se de levar uma blusa com capuz mesmo para férias de verão

Mesmo que a viagem em família seja para praia com clima quente, vale a pena levar uma blusa com capuz para cada criança. Afinal, o tempo pode virar, pode chover, pode começar a ventar, etc. Além do mais, os hotéis e restaurantes costumam deixar o ar-condicionado em uma temperatura um pouco gelada para os pequenos. Então, vale a pena separar um espacinho na mala para lidar com essas situações.

6. Separe o mínimo possível para itens de banheiro

Os itens de banheiro podem tomar um grande espaço dentro da mala de viagem dos adultos, mas as crianças só precisam do básico. E o melhor é que dá até para levar um produto só que já serve como sabonete, shampoo e condicionador. Perfeito, não é mesmo?

7. Leve sacos para as roupas sujas

Depois que as roupas forem usadas, coloque-as dentro de um saco para que elas não se misturem com as limpas. Quando você chegar em casa depois da viagem, ficará muito mais fácil para saber quais peças precisam ser lavadas e quais devem voltar para a gaveta.

Agora que você leu nossas dicas de como arrumar a mala das crianças, aproveite o tempinho que você vai economizar com essa tarefa e leia este outro post 3 dicas do que fazer durante as férias com crianças

5 dicas para viajar nas férias de julho gastando pouco

Já está na hora de pensar em viajar nas férias de julho gastando pouco. Afinal de contas, sabemos que a economia em nosso país ainda está engatinhando uma melhora, mas isso não é motivo para deixar de levar a família para passear.

Acredite: dá para todo mundo se divertir sem ter que esvaziar completamente a conta bancária. Para isso, basta um pouco de organização e planejamento. Assim, você não vai voltar das férias com a dor de cabeça de precisar pagar dívidas de viagem.

Leia este post e conheça 5 dicas práticas de como viajar nas férias de julho gastando pouco!

1. Reserve a hospedagem com antecedência

A hospedagem é o ponto principal para fazer uma viagem barata. Nosso primeiro conselho é reservar o hotel com antecedência, pois essa é uma ótima maneira de garantir as tarifas mais em conta.

Só não se esqueça de considerar tudo o que está incluso nas diárias ao analisar qual o melhor custo-benefício. Isso porque a diferença entre um hotel que oferece café da manhã, por exemplo, pode ser pequena para outro que não tem nenhuma alimentação inclusa.

Para quem vai viajar de carro, é importante verificar se o estacionamento é gratuito, pois esse gasto encarece muito uma viagem. Hoje em dia, não dá para ficar sem wi-fi, mas ter que pagar por ele vai deixar sua viagem bem cara. Então, lembre-se sempre de verificar se esse serviço está incluso na sua hospedagem.

Olhe o site do próprio hotel para fazer sua reserva, pois esse canal de vendas costuma disponibilizar valores mais baratos.

2. Pesquise locais para comer fora de pontos turísticos

A alimentação também representa um gasto significativo no orçamento de uma viagem em família, pois a conta do restaurante pode ficar salgada. Escolher hotéis que já tenham café da manhã é a melhor forma de economizar dinheiro e ter praticidade na primeira refeição do dia.

Outra dica é usar aplicativos como o Foursquare, Google My Business e Yelp para encontrar restaurantes gostosos e baratos, que são sugestões de outros usuários. Converse com os moradores locais e peça dicas de onde comer bem gastando pouco. Escolher o prato do dia é uma ótima forma de economizar.

3. Opte por passeios gratuitos

Todo lugar tem passeios de graça. Por exemplo, ao invés de pagar por um city tour, que podem ser bem caro, visite as atrações turísticas sem precisar contratar um guia. Museus costumam oferecer entradas gratuitas em alguns dias da semana, então vale a pena se informar.

Outro jeito de gastar menos com passeios é comprar pela internet, pois você provavelmente conseguirá bons descontos nas entradas. Aliás, use e abuse da internet para pesquisar o que o local de destino das suas férias tem de mais legal para você e sua família aproveitarem.

4. Escolha destinos dentro do Brasil

Com o dólar acima de 4 reais, o melhor jeito de economizar para viajar nas férias de julho com a família é escolher destinos dentro do Brasil. Assim, você não precisa se preocupar com o câmbio, pois gastará em reais, além de fortalecer o mercado de turismo do seu próprio país.

5. Estabeleça um limite de gastos diários

Para o orçamento da viagem não fugir do controle, nossa última dica é que você determine um teto de gastos diários. Caso um dia as despesas fiquem acima da meta estipulada, no outro dia o ideal é tentar fazer a compensação para não acabar as férias com a conta no vermelho.

Não deixe para última hora o planejamento da sua viagem em família. Afinal de contas, para vocês conseguirem viajar nas férias de julho gastando pouco, o quanto antes você organizar tudo, melhor!

Continue a sua leitura com esse post sobre 3 dicas do que fazer durante as férias com crianças

 

Procurando um presente para o dia das mães barato? Nós vamos te ajudar!

Está chegando o segundo domingo de maio e todas as mães merecem uma demonstração de carinho. Mas, sabemos que a economia do país ainda está ensaiando a sua recuperação e, portanto, é hora de gastar seu dinheiro de maneira inteligente. Por essa razão, vamos te ajudar a pensar em um presente para o dia das mães barato, que caiba no seu bolso.

Afinal de contas, quem tem filhos pequenos acaba ficando responsável pelo presente da sua esposa, não é mesmo? Haja criatividade!

Veja, abaixo, algumas formas de agradar quem cuida tão bem das crianças com opções que, com certeza, vão ficar dentro do seu orçamento.

Quadro de fotos

Hoje em dia, todo mundo tem um celular na mão para tirar um monte de fotos. Mas, honestamente, com qual frequência a gente imprime esses registros? Quase nunca! Pode ter certeza que toda mamãe adora ver fotografias por toda a casa. Essa é uma maneira gostosa de reviver os melhores momentos da família.

Sendo assim, está aqui um presente bem baratinho para dar no dia das mães. Imprima algumas fotos e faça um mural bem legal ou dê a melhor delas dentro de um porta retratos. Existem diversos sites na internet que realizam o serviço de impressão de fotos com custo super acessível e muita praticidade.

Presentes Personalizados

Pode até parecer meio comum, mas a verdade é que mãe adora um presentinho personalizado, pois faz com que ela se sinta especial ao saber que aquele item foi feito pensado exclusivamente para ela.

Ainda na categoria de “foto presentes”, você pode personalizar vários itens com alguma foto e um dizer especial, como “você é a melhor mãe do mundo”. Algumas opções para ajudar na sua criatividade são: uma capinha protetora de smartphone, um calendário, uma caneca, um imã de geladeira, a capa de um caderno, entre outros.

Flores

Se a sua mãe ou a mãe dos seus filhos é o tipo de mulher que ama flores, também dá para economizar com esse tipo de presente. Claro que se você deixar para ir à floricultura no domingo de manhã, além de correr o risco de não achar as flores preferidas da mamãe, ainda vai pagar caro por isso.

Então, a nossa dica é para você comprar flores em supermercados, que costumam ser bem mais baratas e, ainda assim, muito lindas.

Momentos com ela

Ganhar um presente é maravilhoso, mas viver esse presente também é algo inesquecível. Por isso, pense em dar para sua mãe uma experiência para toda família vivenciar. Pode ser uma viagem, um passeio ou um almoço delicioso.

Aliás, já que o dia é dela, nada mais justo do que levá-la em um lugar lindo para fazer uma refeição junto com a família que ela tanto ama. Nesse dia das mães, o Porto Grande Hotel realizará um almoço com cardápio especial e música ao vivo, para todos passarem uma tarde muito agradável em uma localização de frente para o mar.

Quer saber mais? Entre em contato conosco agora mesmo e reserve sua mesa.

6 dicas práticas de como organizar uma viagem em família

Viajar é maravilhoso, ainda mais com as pessoas que amamos, mas organizar uma viagem em família dá trabalho. Apesar de ser um planejamento super prazeroso, é preciso ter alguns cuidados para que dê tudo certo. Assim, vocês voltarão cheios de boas lembranças e sem dores de cabeça.

Pensando nisso, vamos te dar algumas dicas simples e práticas de como organizar a sua próxima viagem em família. Veja:

1. Toda família deve participar do planejamento

Caso os seus filhos já tenha idade para manifestarem suas vontades, a primeira dica é perguntar para onde eles gostariam de ir e o que achariam legal fazer. Assim, juntos, vocês podem chegar a um acordo, caso as ideias sejam diferentes.

Com o envolvimento de toda a família no planejamento da viagem, todos se sentirão incluídos no projeto, e isso aumenta muito a chance de ficarem felizes com o resultado.

2. Pense em como entreter as crianças

Não importa se você vai viajar de carro, ônibus ou avião. Esteja certo de que crianças precisam de distração durante o percurso. Portanto, procure levar brinquedos, livrinhos, tablet ou qualquer outro item que será útil para eles passarem o tempo.

Essa preocupação em entreter as crianças precisa ser pensada também durante toda a viagem. Por isso, prefira hotéis que sejam voltados para receber famílias.

3. Tenha certeza que está tudo certo com seu carro

Caso a viagem seja de carro, procure fazer uma revisão antes de pegar a estrada. Cheque o pneu reserva, para caso fure algum deles e não se esqueça da cadeirinha das crianças, que deve ser adequada para a idade dos seus pequenos.

4. Escolha uma hospedagem com a estrutura adequada

Ao organizar uma viagem em família, você precisa procurar opções de hotéis que tenha a infraestrutura adequada para as crianças. Existem hospedagens que oferecem também monitores para cuidar dos seus filhos. Se for para destinos quentes, nada como uma piscina para todos gastarem energia ou um hotel de frente para o mar, para que a família toda possa relaxar e se divertir juntos.

5. Faça malas pequenas e práticas

Uma tarefa que pode tomar muito do seu tempo é o momento de fazer as malas. Uma viagem em família costuma incluir várias coisas, como carrinho das crianças, as cadeirinhas do carro, documentos, brinquedos, etc.

Uma ótima maneira de ter praticidade e fazer malas pequenas é separar tudo o que você acha que deve levar e colocar em cima da cama. Depois, tente tirar metade. Para as roupas, o melhor é pensar o que você vai usar a cada dia.

6. Não se esqueça de alguns itens essenciais de farmácia

Sempre vale a pena fazer uma “farmacinha” para levar na viagem. Alguns itens básicos são:

  • analgésico;
  • antitérmico;
  • curativos adesivos;
  • antissépticos;
  • algodão;
  • termômetro;
  • remédios antigases.

Procure verificar há necessidade de levar protetor solar e repelente para onde vocês vão. Com isso, completamos nossas dicas para você organizar uma viagem em família que, com certeza, será muito feliz!

Se você quer ficar por dentro do nosso conteúdo, siga nossas redes sociais. Estamos no Instagram e no Facebook!

 

5 passos para você organizar uma festa de casamento sem erros

Se você está precisando de ajuda para organizar uma festa de casamento, nós temos um roteiro com dicas relevantes para auxiliá-la nessa tarefa. Sabemos que a produção desse dia tão especial envolve tempo e dinheiro.

Por isso, vamos guia-la pelos 5 passos essenciais para organizar a festividade mais importante da sua vida sem erros. Dessa forma, você terá um casamento que cabe no seu bolso e na correria do seu dia a dia. Confira!

1. Orçamento

O primeiro passo para organizar uma festa de casamento é definir quanto você e seu noivo querem (e podem) gastar. O seu casamento não precisa, necessariamente, ser caro. Hoje em dia, existem diversos formatos e estilos de festas lindas que cabem no seu bolso.

Sendo assim, estabeleça o valor total do seu orçamento. Uma ótima dica é criar uma planilha e dividir o valor entre os fornecedores que você pretende contratar. Pense no que é prioridade para você e o seu amor e partilhe a verba de acordo com o que importa para vocês dois.

2. Local

Depois de definir o orçamento, chegou o momento de encontrar o lugar perfeito para fazer seu casamento. Esse passo é muito importante, porque ao fechar o local da festa, obrigatoriamente, você terá fixado a data da cerimônia. Somente depois disso, você poderá começar a contratar os outros fornecedores.

Para resolver onde casar, você e seu noivo devem pensar qual é o estilo que mais tem a ver com os dois. Gostam de praia? Então uma boa pedida é comemorar esse momento de união em um espaço frente mar, por exemplo.

3. Decoração

Uma boa ideia para economizar na decoração é utilizar os elementos do local, como árvores, jardins, etc. Além disso, usar a criatividade também será ótimo para o seu bolso. Existem ideias muito charmosas e de baixo custo para deixar o lugar do seu casamento lindo, como os mosquitinhos, velas, escadas com gaiolas de luminárias, baldinhos, entre outros itens charmosos e com custo muito acessível.

4. Buffet

Esse item pode pesar muito no seu orçamento. Por isso, você vai precisar escolher o serviço de Alimentos & Bebidas de acordo com a verba que separou para isso. Você pode fazer desde um almoço ou jantar empratado, um buffet self-service ou um coquetel com finger foods, que são uma grande tendência.

Em relação às bebidas, o valor dos alcoólicos é o que vai fazer mais diferença no quanto você gastará. Veja se cabe no seu orçamento contratar uma empresa para fazer coquetéis deliciosos ou se você vai servir apenas vinho, espumante e cerveja, por exemplo.

5. Música

Uma festa sem música não é uma festa, certo? Por isso, você precisa planejar esse item com cuidado e atenção. Se couber na verba, vale a pena contratar uma banda bem animada para levar todo mundo para pista de dança. Mas se você não puder arcar com esse custo, não tem problema! Procure um DJ e alinhe o estilo de música que você quer que toque. Atente-se apenas aos equipamentos de sonorização, que devem reproduzir o som com qualidade!

Com esse roteiro, você ficou conhecendo os principais passos para organizar uma festa de casamento inesquecível, desde a definição do orçamento, escolha do local, decoração, buffet e música.

Quer mais informações sobre o assunto? Então vai lá, curte nossa página no Facebook e segue nosso perfil no Instagram.

3 dicas do que fazer durante as férias com crianças

Quando chega o período das férias com crianças, os pais e familiares precisam usar toda a sua criatividade para gastar a energia dos pequenos. Ou seja, nem sempre essa época representa um período de descanso para os papais e mamães.

Por outro lado, essa é uma oportunidade de estreitar os laços com os filhos, compartilhando momentos maravilhosos e muito divertidos.

Para te ajudar nessa tarefa, vamos te dar algumas dicas de atividades para fazer com as crianças durante as férias. Assim, vocês terão recordações lindas quando chegar a hora de voltar às aulas.

1. Reviva as brincadeiras do seu tempo

Atualmente, existem várias alternativas de joguinhos online e aplicativos para brincar no computador, tablet ou celular. Mas, que tal deixar isso para lá e voltar ao tempo onde as brincadeiras eram offline?

São muitas as possibilidades de atividades para fazer com as crianças que não precisam de nenhum aparelho eletrônico ou conexão com a internet. Jogos de tabuleiro, por exemplo, são opções super legais para toda família compartilhar momentos divertidos. Vocês podem brincar de Imagem e Ação, War, Jogo da Vida.

Não tem nenhum desses jogos em casa? Não tem problema! Divirtam-se brincando de mímica. Escreva nomes de filmes em pedaços de papeis e dobre-os. Formem os times e sorteiem os papéis.

Então, cada um terá a sua vez de fazer com que seus parceiros tentem adivinhar o título do filme. Atenção: não vale falar nada, nenhuma palavra e nem mesmo fazer nenhum tipo de som, ok?

2. Pratique esportes

Nada melhor para gastar a energia dos pequenos do que praticar esportes. Não importa onde você esteja, sempre há uma forma de fazer alguma atividade física para manter as crianças em movimento.

Vá até algum parque perto da sua casa e ande de bicicleta junto com seus filhos. Procure um parquinho e deixe que as crianças brinquem entre si. Você também pode ensiná-los a andar de skate, só não pode esquecer das proteções.

Se estiver próximo ao mar ou a piscina, aproveite as férias de verão para ter momentos de folia com brincadeiras aquáticas, como surf ou banana boat.

3. Faça uma viagem

Viajar com a família é uma oportunidade incrível de colecionar momentos de carinho que serão sempre lembrados por todos. Existem vários tipos de hotéis para se hospedar, com valores de diárias que cabem em todos os bolsos.

Imagine só passar uns dias relaxando em um hotel de frente para o mar, com piscina e lazer para a criançada? Os papais agradecem e os filhos também!

Uma boa dica é escolher o destino de acordo com o perfil de todos. Se todo mundo gosta de praia, façam as malas e sigam rumo ao litoral. Com certeza, seus pequenos voltarão das férias com muita história para contar.

Se você procura um hotel que tenha diárias com valores acessíveis para hospedar você e toda sua família durante as férias com crianças, ou em qualquer outra época do ano, sua busca termina aqui: entre em contato com o Porto Hotel agora mesmo e garanta sua reserva!